30 de março de 2012

Acima do Chão

Boa maneira de mostrar que o produto mantém baratas e formigas longe, pena que não funciona com moscas e insetos voadores...
Agência: Publicis :: Milão :: Itália
Direção de Criação: Bruno Bertelli, Cristiana Boccassini
Direção de Arte: Alessandro Candito
Redação: Paolo Bartalucci
Designer: Alessandro Candito
Retoque: Hyperactive Studio
Foto: Hyperactive Studio

5 anos mudaram tudo

Muito bacana esse documentário “O que mudou nos últimos 5 anos”.
Ele mostra um grande resumo do que estamos acompanhando, ou deveríamos estar, em relação às transformações vividas pelo mercado da comunicação/publicidade nos últimos 5 anos.
Uma retrospectiva e uma análise dos principais acontecimentos dessa revolução tecnológica, a partir das entrevistas de personalidades envolvidas nesse mercado.

vi no bichodegoiaba

29 de março de 2012

Ligando Fatos

Gostei muito dessa campanha para o Caderno Pensar do Jornal A Gazeta.
Criação que exigiu pesquisa.

Agência: Ampla :: ES
Direção de Criação: André Muhle
Redação: Plínio Uhl
Direção de Arte: Daniel Galvão
Ilustração: Daniel Galvão
Mídia: Andressa Lirio, Felipe Manno
Atendimento: Julianna Sahttler, Babilônia Prates, Krishna Dalcamini
Aprovação: Tamara Fundão, Diego Lemos

Dow Solutions | Quiet Train

Muito agradável e simpática a maneira criativa que a Draft FCB de Chicago achou para comunicar a nova tecnologia que reduz o barulhos dos trens.

Lobo Pop Art

Simplesmente lindíssimo o trabalho do artista Lobo. Antes de viver de arte, trabalhou em agências de marketing, porém hoje tem obras vendidas em países como Argentina, Estados Unidos, Canadá, México, Itália e Uruguai.
"A arte é universal. Ela atravessa as fronteiras, não importa sua origem. Como música e cinema, ela tem o poder de transmitir mensagens para outros lugares."
Veja mais aqui ou aqui.

27 de março de 2012

Doritos | Peitos

Mais um filme divertido que dá sequência na campanha já postada antes. Veja aqui.

Contos Abandonados

Personagens de livros infantis abandonados literalmente.
Agência: Paz Comunicação Estratégica
Direção de Criação: Leonardo Parnes
Criação: Leonardo Parnes e Marcelo Maciel
Mídia: Bárbara Silva
Atendimento: Alexandra Raffa
Planejamento: Einhart Jácome da Paz
Ilustração: Casa do Pixel
Aprovação: Alana Santos Sales
Tratamento de Imagem: Leandro Fiuza

26 de março de 2012

Início em Agência

Campanha de mídia exterior para o Young Lions PR.
Agência: Master
Fotografia: Francisco de Deus
Aprovação: Emmanuel Publio Dias, Rodolfo Amaral

23 de março de 2012

Fecha Rápido

Visual bacana.
Se você é homem sabe do que eu estou falando...
Agência: Young & Rubicam :: Argentina
Direção de Criação: Diego Tuya, Dario Rial, Martin Goldberg, Daniel Oliveira
Produção: Fernando Costanza

Sony World Photography Awards

Divulgados os vencedores da edição 2012 do Sony World Photography Awards.
Foram premiados na categoria Aberta (Open) fotógrafos da Itália, México, Rússia. EUA, Alemanha, Índia, Eslovênia e Polônia.
Puderam inscrever trabalhos na categoria Juventude (Youth) fotógrafos com menos de 20 anos de idade. Os três premiados vieram foram da Rússia, Ucrânia e África do Sul.
O concurso é considerado um dos mais importante da fotografia. Os vencedores terão seus trabalhos expostos em Londres.

22 de março de 2012

A Arte de ser Macho

Gostei muito dessa campanha.
"The fine art of being a man." (A arte de ser homem.)
Ações que seria suspeitas, tornam-se completamente másculas.
Atenção especial para o nome da cerveja, assinatura e teor alcoólico.
Agência: CCZ :: Curitiba :: Brasil
Direção de Criação: Giancarlo Zilli
Direção de Arte: Alberico Bini
Redação: Vinícius Biss
Produção: João Saddock

Lacta | Pascoa 2012

Simpático, bonito e alto astral o comercial de Páscoa da Lacta (que também comemora 100 anos).
E a trilha do Queen é covardia!

Agência: Ogilvy&Mather Brasil
Diretor de Criação: Rubens Filho
Diretor de Arte: Fernando Reis, Guto Kono, Gaum Freitas
Redator: Marcelo Lima, Fabio Seidl, Guto Monteiro
Planejamento: Kajsa Mclaren, Karina Meyer, Andrea Farah
RTVC: Nana Bittencourt, Mauricio Granado
Atendimento: Valeria Barone, Flavia Cortes, Silvia Brihy, Marcela Losso
Aprovação: Julian Baluk, Giles Atwell, Patricia Borges, Marcelo Bronze
Produtora: Paranoidbr
Diretor: Carlos Manga Jr.
Direção de Fotografia: Lito Mendes Da Rocha
Montador: Federico Brioni
Finalização: Tribbo Post
Finalizador: Fabiana Mcmullan
Produtora Som: Satelite Audio
Trilha: Queen - Don't Stop Me Now
Locutor: Carlos Manga Jr.

Sabedoria Moderna

Muito legal, críticos e ácidos os cartazes experimentais de Felipe Tofani.
São sabedorias/realidades de um mundo moderno, baseados em alguns clichês online. As peças estão espalhadas por diversas cidades do Brasil e alguns pelo mundo.
Veja mais aqui.
Postagem roubada do followthecolours 

Como ser mais criativo?

A criatividade hoje não é mais uma habilidade desejável apenas em profissionais como designers ou publicitários. Em todas as áreas vemos uma busca constante por inovação que vai da criação de novos modelos de negócios à melhorias em processos produtivos.
Isso deve-se muito a um consumidor mais exigente, cansado da mesmice de mercados saturados e de empresas que oferecem menos por mais. Quem já entendeu este consumidor está sempre explorando novas possibilidades para seu produto, campanha e experiência de compra (do consumidor).
Apesar de todo este cenário, dificilmente encontramos um loja com um ambiente realmente inovador, um produto com uma proposta diferenciada ou uma campanha que não seja mais do mesmo.
Mas como treinar sua criatividade e atingir resultados realmente satisfatórios quando o assunto é mudança?
Jairo Siqueira, consultor em gestão estratégica, gestão da qualidade e inovação de processos empresariais, nos dá algumas dicas para que nos tornemos mais criativos. Vejam:

1. Formule melhor o problema
Se você está  com dificuldades em encontrar boas respostas (e soluções) para algum problema, provavelmente não deve ter feito boas perguntas para o mesmo.
Formule perguntas desafiadoras, que abram o leque de soluções e possibilidades. As perguntas devem ser reflexivas, estimular a reflexão, promover a investigação e dar origem a outas perguntas. Leia aqui sobre como formular boas perguntas e “pensar fora da caixa”.

2. Não faça pré julgamentos antes da hora
Separe a fase de geração de ideias da fase de avaliação. Não tenha pressa durante o processo criativo. Você deve primeiro anotar todas as ideias que tiver, mesmo que elas pareçam no momento totalmente fora de cogitação, para depois canalizá-las. Até porque, mesmo as ideias que não forem utilizadas, podem gerar insights para outras soluções ou ainda serem amadurecidas durante o processo de avaliação.
A confiança é muito importante durante todo o processo de criação. Não julgue nada antes da hora, uma ideia absurda no início deste processo pode tornar-se eficaz após uma análise mais ampla do problema.

3. Avalie suas ideias com diferentes visões
O processo de avaliação de ideias pode ser tão importante quanto ao de geração delas. Isso porque quando iremos avaliar quais as ideias que estão próximas a viabilidade técnica e econômica, por exemplo, tendemos a uma avaliação conservadora e trivial, fazendo sucessivas eliminações de ideias que podem ser inovadoras.
Quando for “comparar ideias” não use um único critério para avaliá-las, classifique-as de forma diferente para que, no final, não haja apenas uma ou duas ideias com um único conceito, sem dar a possibilidade de explorar o problema a ser resolvido com visões diferentes.

4. Não tenha medo de errar
Você pode ter o conhecimento e habilidade para realizar determinado “projeto criativo”, mas nada disso servirá se não tiver convicção de que PODE realizá-lo. O medo é um dos principais obstáculos à inovação, ele pode bloqueá-lo e não fazê-lo sair do lugar.
O medo de falhar decorre principalmente ao nosso “modelo de educação”, onde a primeira resposta deve ser a certa, sem que haja ao menos a possibilidade de uma diferente interpretação. Acredito inclusive que este “modelo de educação” do Brasil é um dos principais responsáveis por profissionais acomodados que tem preguiça de pensar e até agir, sair do lugar. Fomos treinados a seguir sempre uma mesma linha de raciocínio e exigidos a sempre acertar na primeira.
Para crescer, precisamos sair da zona de conforto e experimentar, sem medo de errar e sem pensar no julgamento que o outro terá se , por acaso,  errarmos.

5. Assuma a criatividade como um “estilo de vida”
Treine sua criatividade todos os dias, não se submeta a mesmice do dia a dia. Seja curioso, confronte  desafios, procure novas formas de realizar as tarefas do dia a dia,  seja flexível e não deixe que pré-conceitos o atrapalhem.
Manter a mente aberta durante o dia poderá trazer ótimos “resultados criativos”.

Além das dicas citadas acima, sugiro aqui uma prática que me ajuda a ser mais criativo e que potencializa meu senso analítico: explore as situações do seu dia, enxergue-as com outros olhos e imagine uma história para elas. Veja um simples exemplo:
Há algumas semanas, numa tarde ensolarada, em um metrô de São Paulo, uma garotinha gritava (ao ouvir o som que anunciava a estação) para todos em cada parada do metrô: “Todos a bordoooo!”, prosseguido de um barulho de “Maria Fumaça” que fazia com a boca.
Apesar do mau humor comum do dia a dia paulistano, todos (inclusive eu) foram contagiados pelos berros da garotinha e, claro,  por sua espontaneidade e carisma. Isso, de certa forma, deixou-me espantado. Pensei em como uma criança, mesmo gritando e em um lugar (que é por muitas vezes) cheio de mau humor, pode trazer sorrisos quase que de forma unânime em todo vagão. Além de ter achado o fato curioso (e até bonito), aquilo fez para mim um sentido enorme. Enxerguei o fato como uma possível “história” que poderia ser inserida facilmente em uma ação ou até mesmo “adaptada” para transmitir um conceito, por exemplo.
Com este simples exemplo quero apenas dizer que explorar situações durante o dia, com uma visão ampliada do fato em si, é uma forma fácil de praticar sua criatividade.

texto de Paulo Lima