31 de dezembro de 2012

Bradesco | Palavras

O institucional de fim de ano do banco traz os versos da última estrofe do poema “Receita de Ano Novo” de Carlos Drummond de Andrade.

Agência: NEOGAMA BBH
Diretor Geral de Criação: Alexandre Gama
Diretores de Criação: Alexandre Gama e Márcio Ribas
Direção de Arte: Jarbas Agnelli
Texto: Carlos Drummond de Andrade
Diretor de Produção: Mariah Bayeux
RTVC: Paula Alimonda e Tatiana Martins
Atendimento: Adriana Nigro, Fabio Klein e Renato Miguez
Produtora: AD Studio
Direção: Jarbas Agnelli
Produtor Executivo: Aguinaldo Rocca
Montagem: Equipe AD Studio
Pós Produção/Finalização: Equipe AD Studio
Áudio: AD Studio / Tentáculo / e-noise
Aprovação: Jorge Nasser, Angela Pelicer, Daniela Ugayama e Eduardo Buso

28 de dezembro de 2012

Espera Chata


Campanha para uma gelatina que já vem pronta.
"Porque esperar é muito chato."



Agência: Boomtown Strategic Brand Agency :: África do Sul
Diretor de Criação: Andrew Mackenzie
Diretor de Arte: Senzo Xulu
Redator: Shaun Brauteseth
Foto: Paul Cocks
Ilustrador: Steven Carter

27 de dezembro de 2012

SKOL | Enfermidades

As doenças típicas do verão na visão da Skol.
Criação da F/Nazca Saatchi & Saatchi.

26 de dezembro de 2012

Turkish Airlines | Legends On Board

É meio bobinho, mas vale pela disputa do Messi com o Kobe.

Agência: Alametifarika :: Istanbul :: Turquia
Criação: Emrah Karpuzcu, Kenan Ünsal, Can Bilginer, Hüseyin Sandik, Odisseas Sevsevme, Emre
Abay, Nilüfer Acar, Sertug Alptekin, Çagri Ark
Diretor: Marco Grandia
Produtora: Electric Zoo, Filmcolony, only925
Pós-produção: Ambassadors, Filimisleri

Bebida dos Stones

Em comemoração aos 50º aniversário dos Rolling Stones, a marca japonesa de licores Suntory lançou uma edição limitada de 150 garrafas do uísque The Rolling Stones.
As garrafas com forma da língua acompanham uma embalagem especial e estarão à venda pela bagatela de US$ 6.300 dólares cada uma.


 Com foco nos mais jovens, lança também uma linha de bebidas de médio teor alcoólico como cervejas, vinhos e rum. As embalagens trazem no rótulo, a língua e estampam a frase “os Rolling Stones são a maior banda de rock and roll do mundo“.
vi no marketingnacozinha

25 de dezembro de 2012

Natal Cinematográfico

E se Papai Noel invadisse os estúdios de Hollywood...




Agência: 1861 United :: Milão :: Itália
Diretor de Criação: Giorgio Cignoni, Federico Ghiso
Diretor de Arte: Giorgio Cignoni
Redator: Federico Ghiso
Foto: Carioca
Pósprodução: Carioca

24 de dezembro de 2012

Museu Infantil


Peças para o Museu da Infância é sempre uma brincadeira.


Agência: BBDO :: Londres
Diretor de Arte: Mark Fairbanks

Educate the Heart

A agência  Giant Ant produziu este belo vídeo animado para promover o Dalai Lama Center for Peace and Education.
Transições e escolhas visuais muito bem planejadas e alta fluidez.

Guia da Bebida na Festa de Fim de Ano

Esse guia é bem útil nessa época do ano.

Cartão de Natal Comestível

Ação da Electrolux que convida seus fãs no Facebook a escreverem um cartão de Natal e participar de um concurso cultural que vai distribuir cookies personalizados.
As mensagens propostas na página da marca serão postadas no mural do amigo no formato de biscoito de Natal. Os autores e destinatários das 100 mensagens mais originais receberão, em casa, "o cookie" de verdade.

Agência: F/Nazca Saatchi & Saatchi
Direção de Criação: Fabio Fernandes, Eduardo Lima e Theo Rocha
Redação: André Brandão
Direção de Arte: Marcelo Ribeiro
Head Of Art: João Linneu
Atendimento: Marcello Penna, Saulo Sanchez, Camila Hamaoui, Mariana Braga, Marcela Paiva
Planejamento: José Porto, André Foresti, Flávia Nogueira
Mídia: Lica Bueno, Adriana Rosa, Mariana Pontes
Produção Integrada: Juliana Hasegawa
Produção Gráfica: Jomar Farias, Leandro Ferreira, Robson De Vitto
Artebuyer: Edna Bombini
Ilustrador: Mario Niveo
Fotógrafo: Luciana Dal Ri
Produção da Foto: Isabela E Angélica Lotto Cirineu
Diretor do Vídeo Marcio Leitão
Edição do Vídeo: Marcio Leitão
Produtora Digital: Fillet
Cookies: Fernanda Ribeiro | Bolachas Decoradas

21 de dezembro de 2012

Céu Aberto

Só visual para mostrar o novo teto solar skydome.


Agência: Leo Burnett Tailor Made

Axe | The Look

Vale pela brincadeira.

Agência: Ponce Buenos Aires
Diretor: Armando Bo
Produtora: Rebolucion

Fora do Lugar

Manipulações fotográficas criativas de Robert Rickhoff mostrando objetos colocados claramente fora do local.











Lendas Aquáticas


Lendas contra a pesca predatória.

Agência: Script
Diretor de Criação: Ricardo Real
Redação: Fábio Penedo
Direção de Arte: Marcos Siqueira
Ilustração: Renan Rivero
Aprovação: Sérgio Mello

20 de dezembro de 2012

Bilhete Premiado

Visual impecável nessa campanha para uma loteria.



Agência: DDB :: Auckland :: Nova Zelândia
Diretor de Criação: Toby Talbot, Andy Fackrell
Diretor de Arte: Toby Morris, Scott Maddox, Brett Colliver
Redator: Simone Louis
Retoque: Gordon Moir
Foto: Steve Boniface

Itaú | Último Segundo

Bonito filme de fim de ano.

Agência: África SP
Diretor Geral de Criação: Sergio Gordilho
Diretores de Criação: Jeferson Rocha, Aricio Fortes
Criação: Jeferson Rocha, Rodrigo Da Mata
RTVC: Rodrigo Ferrari/Anderson Rocha/Caroline Reis
Atendimento: Vinicius Reis, Perola Cussiano, Giovana De Pieri
Mídia: Luiz Fernando Vieira, Francisco Custódio, Rodrigo Gandini, Cristiane Petrucci
Planejamento: Ana Paula Cortat, Marina Pires, Felipe Cruz, Pedro Spadoni
Produtora: Killers
Direção: Claudio Borrelli
Direção Executiva: Julia Tavares
Montagem / Edição: Claudio Borrelli e Marcelo Cavalieri
Finalização / Pós Produção: Casablanca
Atendimento: Julia Tavares
Produtora de Som: Tesis
Produção de Som: Silvio Piesco e Marcos Vaz
Locução: Mauro de Almeida
Atendimento: Érica De Seta

Dez coisas que fazem as mulheres comprarem mais


Alguns anos atrás as mulheres passaram os homens em participação nas compras pela internet brasileira. Junto com isso, veio o crescimento acentuado das categorias moda e acessórios, beleza e saúde.
O tíquete médio dos homens é mais alto, uma vez que compram mais produtos eletrônicos e informática. Mas as mulheres compram em mais quantidade e uma vez fidelizadas, tornam-se evangelistas da marca.
Quando surgiu a ideia de escrever esse artigo, veio junto o receio de parecer “machista” ou ganhar outros adjetivos desagradáveis. Então convidei minha amiga Solange, a E-commerce Girl, especialista em comércio eletrônico, para fazermos a quatro mãos. O resultado está aí.
Não tivemos a pretensão de querer entender as mulheres, é só uma lista com dicas baseadas em nossa experiência adquirida ao longo de mais dez anos nos bastidores do e-commerce e de três anos ensinando e ouvindo lojas virtuais nos cursos de e-commerce da Ecommerce School. Vamos lá:
1. Não venda produtos, venda sonhos
Mulheres são apaixonadas e sonhadoras por natureza. A roupa do personagem da novela ou do filme, aquilo que “está na moda” ou que “está todo mundo usando” devem estar na vitrine da loja virtual que quer agradar esse público. Como descobrir isso? Ninguém mais antenado do que os jornalistas. Vá até uma banca de jornal e dedique algum tempo lendo as manchetes de revistas femininas e de variedades. São elas que ditam tendências e mostram o que está em alta.
2. A paixão
Algumas categorias se destacam no gosto feminino. Despertam verdadeira paixão. Mulheres amam sapatos e bolsas. Também compram online artigos de beleza e saúde. Se olharem e amarem… nada vai impedi-las de comprar. O produto em si é importante, mas boas imagens e descrições ajudam a despertar paixão.
Mostre detalhes dos produtos; uma fivela dourada ou um pequeno laço vermelho fazem toda diferença. Explore o zoom. Publique depoimentos de outras consumidoras apaixonadas. Descreva aromas e texturas com sentimentos.
3. O inacessível
Inclua em seu mix de produtos coisas que normalmente não são encontradas nas lojas tradicionais, artigos importados, grifes e novidades que não são muito fáceis de comprar. A Victoria Secrets, que é de difícil acesso no Brasil, por exemplo. A mulher vai na loja física e lá eles fazem um cartãozinho com as medidas dela, calcinha e soutien… depois é só comprar pela numeração do cartão pela loja virtual. Algumas maquiagens de grife, também são de difícil acesso no Brasil.
É um desafio que deve ser feito a quatro mãos: você e seu fornecedor. Por isso é importante manter bom relacionamento e amizade com esses fornecedores, são eles que vão lhe ajudar num bom mix de produtos e na sua margem de lucros.
4. Novidades
O inconsciente coletivo feminino é diferente do masculino, elas sabem o que é new, o que quase ninguém tem, então eu quero ter. A internet é o lugar perfeito para isso. Um ótimo lugar para tirar ideias: a banca de jornal, de novo.
Navegue em sites e portais femininos, acompanhe atentamente o que elas dizem nas redes sociais e fóruns. Assim como na vida real, seja um ouvinte atencioso ao que as mulheres estão dizendo.
5. Use e abuse de promoções
Poucas mulheres resistem ao: “Era 100,00 agora (só para você) por R$ 25,00?.
Dizem as más línguas que “um homem é capaz de pagar o dobro do preço por uma coisa que ele precisa e uma mulher é capaz de comprar uma coisa que ela não precisa se está pela metade do preço”. Brincadeiras à parte, habilite ferramentas de marketing viral e redes sociais para elas compartilharem as “barganhas” com as amigas.
6. Crie combos
Explore ofertas do tipo “compre um e leve dois”. É uma das melhores jogadas para quem vende produtos femininos… mulheres adoram ser prestigiadas. Se elas sentirem que por comprar algo, levam outra coisa de graça… vão comprar!
7. O indispensável
Toda mulher precisa de um “esfoliador multitasksuperx”. Sabem que não é indispensável, mas a frase “Você precisa ter um” toca fundo no “eu” consumista feminino. Misture esse ponto com os itens 5 e 6 dessa lista e você terá uma receita infalível.
8. Venda praticidade
Busque produtos que facilitem a vida. Mais uma vez é importante o uso de boas imagens e descrições mostrando o “como usar” e o “como fazer”. De novo: depoimentos de outras consumidoras satisfeitas influenciam na decisão. Elas irão comprar.
9. Facilidade de pagamento
É possível pagar facinho? Em várias vezes no cartão? Sem ter que por a mão na carteira? Ela compra! Sem culpa!
Lembre-se que as classes C e D estão presentes com força no e-commerce brasileiro. Esse público não olha para o preço à vista, mas para o valor da parcela. Algumas lojas já parcelam em boletos e cheques. É um risco, mas em qual retorno alto não há riscos?
10. Rapidez
Os sites que querem vender (muitos) produtos femininos precisam seguir essa dica: poucos cliques para fechar a compra… porque se a compra se estender ela abandona o carrinho! A rapidez de fechar a compra é o que faz a mulher finalizar o processo.

Você já fez um teste de usabilidade em sua loja virtual? Convide sua avó, tia, priminha, enfim, diferentes perfis de internet users, dê um vale compras para elas e peça para comprarem algo em sua loja enquanto você observa. Esteja atento à principais barreiras encontradas. Faça testes A/B.
Há empresas que vendem pesquisas de comportamento de compras detalhadas e específicas por sexo, idade e classe social. Claro que há muitos outros fatores psicosociais envolvidos no ciclo de compra, mas o que pretendemos aqui é dar alguns toques para que as lojas virtuais que atendem esse tipo de público melhorem seus serviços e… seu faturamento, claro. Deixando as clientes satisfeitas, fica bom pros dois!

por Mauricio Salvador
visto aqui

Balanço de Agência


Social Externo

Existe vida fora das redes sociais.


Agêncy: Rep/Grey :: Bogotá :: Colômbia
Diretor de Criação: Alicia Labattaglia, Fernando Nieto
Redator: Jose Luis Rueda
Diretor de Arte: Adriana Amaya

19 de dezembro de 2012

Títulos de Jornal

Títulos sensacionais!



Agência: DM9
Diretor de criação: Nizan Guanaes
Redator: Nizan Guanaes
Diretor de Arte: Clark Prósperi

Time Warner Cable | Rings

Ideia simples e forte, com uma ótima produção resultando num ótimo comercial.
Diz tudo sem precisar dizer nada.

Agência: La Comunidad :: Miami :: EUA
Diretor de Criação: José Mollá, Joaquín Mollá, Rodrigo Butori
Redator: José Mollá
Diretor de Arte: Rodrigo Butori
Diretor: Samuel & Gunnar
Produtora: humble
Pós-produção: Vapor Post
Editor: Jorge Vallejos
Music: “Give Up” by Ryan Karazija / Low Roar

Nó na Garganta

Excelentes embalagens para as balas de alívio da tosse.
Criação da agência Jung von Matt.



Lettering vs Calligraphy

Lettering vs Calligraphy é o nome do projeto criado por Giuseppe Salerno e Martina Flor.
É um diálogo visual entre um tipógrafo profissional e calígrafo.
Funciona assim: todo dia ambos dão uma visão de uma letra do alfabeto e depois os internautas votam em sua versão preferida (veja aqui).
Ô disputa boa!

Feto Fumaça

A imagem choca e impressiona, mas o objetivo é exatamente esse.

Agência: KSV :: EUA
Diretor de Criação: David Coats
Diretor de Arte: Bill Stowe
Redator: Matt Ogelby
Designer: Derek Bratek

18 de dezembro de 2012

Surfe Inspirado

Títulos e visuais bem adequados.
 

Agência: Hermandad :: CE
Diretor de Criação: Paulo Lima
Redação: Paulo Lima
Direção de Arte: Hugo Michels
Fotografia: Travessa da Imagem
Finalização: Marcus Santiago
Planejamento: Rafael Forti
Aprovação: Raimundo Bernardo Pena