30 de junho de 2014

De Cima

Um outro ponto de vista que levou prata em outdoor em Cannes 2014.


Agência: Y&R
VP de Criação: Rui Branquinho
Direção de Criação: Rui Branquinho, Alexandre Arakawa, Jorge Iervolino
Criação: Fausto Uehara, Erika Mateos
Artebuyer: Monica Beretta, Stephanie Wang
Produção Gráfica: Elaine Carvalho, Ronaldo Cavalcante
Atendimento: Adriana Nigro, Sandra Borges, Fernanda Duca
Planejamento: David Laloum, Ana Kuroki, Fernando Takey
Mídia: Gustavo Gaion, Gabriela Ben David, Andreia Damasceno, Patricia Oliveira
Aprovação: Eduardo Costa

Granola | The Taxidermist

Mais um pra galeria nonsense.

Agência: Marcel :: Paris :: France
Diretor de Criação: Jeremie Bottiau
Redator: Sergio Alonso
Diretor de Arte: Sebastian Piacentini
Diretor: Adrien Armanet
Produtora: Iconoclast
Pós-produção: Mathematics

Gráficos da Música

Esses infográficos para a Universidade de Música Popular e Negócios de Música da Alemanha mostram o encontro entre ciência e música popular.
Alguns são engraçados, outros inteligentes.




Agência: DDB Tribal
Direção de Criação: Kristine Holzhausen
Direção de Arte: Markus Rittenbruch
Redação: Michael Schilling
Design Gráfico: Saskia Gebauer

Gravata Sexy

A peça com visual enganador diz "Dispa o código".
Agência: Tabasco :: Kiev :: Ucrania
Diretor de Criação: Alexander Smirnov
Diretor de Arte: Lera Gamrekelidze

26 de junho de 2014

Brinquedos Sobreviventes

Campanha legal e verdadeira.


Agência: Jbis Comunicação :: Brasil
Diretor de Criação: Fred Bandeira, Charles Alvarenga, Gustavo Passos
Diretor de Arte: Charles Alvarenga, Diego Guerhardt, Ricardo Dias
Redator: Alex Silva
Foto: Pedro Gravatá, Blink Imagens
Retoque: Carlos Brandão

Anador | “Diálogo 1 – Chefe e funcionário” e “Diálogo 2 – Casal”

Os comerciais mostram as mesmas histórias contadas de maneiras diferentes: a primeira versão segue o caminho natural da conversa, na ordem correta dos acontecimentos. Já a outra representa a situação contada por alguém com dor de cabeça, com as ideias desordenadas e rearranjadas, formando outra história, com novos significados.
A assinatura completa: “Tudo vira uma dor de cabeça quando você está com dor de cabeça. Anador”.
Levou leão e Cannes 2014.


Agência: Borghi/Lowe
Direção de Criação: Fernando Nobre e Fabio Brigido
Direção Geral de Criação: José Borghi e Fernando Nobre
Criação: Pedro Corbett e Piu Afonseca
RTVC: Marcia Coelho e Fabiola Thomal
Produtora: Cine Cinematográfica
Direção: Felipe Mansur
Direção de Fotografia: Fernando Oliveira
Edição: Rodolpho Ponzio e Felipe Mansur
Pós-produção: Cine X
Produtora de Som: Saxsofunny
Locução: Hugo Picci
Aprovação: Benni Boruchowski e Daniela Pereira.

Association Ball Cup Typography

Esse é o projeto Association Ball Cup Typography, de Gustavo Veiga Berocan, que faz parte da iniciativa "36 dias do tipo".
Seu alfabeto brinca com valores do país e elementos essenciais do futebol.





24 de junho de 2014

Mas afinal, o que é inteligência?


Quando eu estava no exército, fiz um teste de aptidão, solicitado a todos os soldados, e consegui 160 pontos.
A média era 100.
Ninguém na base tinha visto uma nota dessas e durante duas horas eu fui o assunto principal.
(Não significou nada – no dia seguinte eu ainda era um soldado raso da KP – Kitchen Police)

Durante toda minha vida consegui notas como essa, o que sempre me deu uma ideia de que eu era realmente muito inteligente. E eu imaginava que as outras pessoas também achavam isso.
Porém, na verdade, será que essas notas não significam apenas que eu sou muito bom para responder um tipo específico de perguntas acadêmicas, consideradas pertinentes pelas pessoas que formularam esses testes de inteligência, e que provavelmente têm uma habilidade intelectual parecida com a minha?
Por exemplo, eu conhecia um mecânico que jamais conseguiria passar em um teste desses, acho que não chegaria a fazer 80 pontos. Portanto, sempre me considerei muito mais inteligente que ele.
Mas, quando acontecia alguma coisa com o meu carro e eu precisava de alguém para dar um jeito rápido, era ele que eu procurava. Observava como ele investigava a situação enquanto fazia seus pronunciamentos sábios e profundos, como se fossem oráculos divinos.
No fim, ele sempre consertava meu carro.
Então imagine se esses testes de inteligência fossem preparados pelo meu mecânico.
Ou por um carpinteiro, ou um fazendeiro, ou qualquer outro que não fosse um acadêmico.
Em qualquer desses testes eu comprovaria minha total ignorância e estupidez. Na verdade, seria mesmo considerado um ignorante, um estúpido.

Em um mundo onde eu não pudesse me valer do meu treinamento acadêmico ou do meu talento com as palavras e tivesse que fazer algum trabalho com as minhas mãos ou desembaraçar alguma coisa complicada eu me daria muito mal.
A minha inteligência, portanto, não é algo absoluto mas sim algo imposto como tal, por uma pequena parcela da sociedade em que vivo.

Vamos considerar o meu mecânico, mais uma vez.
Ele adorava contar piadas.
Certa vez ele levantou sua cabeça por cima do capô do meu carro e me perguntou:
“Doutor, um surdo-mudo entrou numa loja de construção para comprar uns pregos. Ele colocou dois dedos no balcão como se estivesse segurando um prego invisível e com a outra mão, imitou umas marteladas. O balconista trouxe então um martelo. Ele balançou a cabeça de um lado para o outro negativamente e apontou para os dedos no balcão. Dessa vez o balconista trouxe vários pregos, ele escolheu o tamanho que queria e foi embora. O cliente seguinte era um cego. Ele queria comprar uma tesoura. Como o senhor acha que ele fez?”
Eu levantei minha mão e “cortei o ar” com dois dedos, como uma tesoura.
“Mas você é muito burro mesmo! Ele simplesmente abriu a boca e usou a voz para pedir”
Enquanto meu mecânico gargalhava, ele ainda falou:
“Tô fazendo essa pegadinha com todos os clientes hoje.”
“E muitos caíram?” perguntei esperançoso.
“Alguns. Mas com você eu tinha certeza absoluta que ia funcionar”.
“Ah é? Por quê?”
“Porque você tem muito estudo doutor, sabia que não seria muito esperto”

E algo dentro de mim dizia que ele tinha alguma razão nisso tudo.
(por Isaac Asimov)

copiado do updateordie.com

20 de junho de 2014

Banco de Chile | Miners

E os chilenos apelam até para os mineiros que ficaram presos para ganharem a Copa.

Agência: Prolam Y&R

16 de junho de 2014

Plants (& Design) Make Us Happy

Lindo visual dessa campanha com apelo ecológico da Coca-Cola.



Agência: Ogilvy & Mather :: New York :: EUA
Direção de Criação: Calle Sjoenell, Corinna Falusi, Lucas Camargo, L Justin Via, Evan Slater, Abe Baginsky, Maite Alburquerque, Emily Clark
Diretor de Arte: Anti-Anti, Lukas Lund, Andreas Hoff, Carl Versfeld
Produção: Jessica Fiore

Magistral | Hospital

Todo esse filme para contar um piadinha.
Tive um riso irônico, muito lá no fundo.

Agência: Grey Argentina
Diretor de Criação: Diego Medvedocky, Hernán Kritzer, Lisandro Cardozo
Produtora: Rebolución
Direção: Andrés Salmoyraghi, Julieta García Casalia
Produtor: Chino Fernandez
RTVC: Juan Carlos Barrios, Julian Sanchez
Pós-produção: Uda Post

12 de junho de 2014

Visa | Onde você quiser estar

Filme muito legal para a Copa do Mundo Fifa Brasil 2014.
O comercial mescla diversas pessoas com cenas marcantes das edições passadas. Atletas, físicos, palhaços, pescadores e contorcionistas aparecem na torcida pelos seus times.
Esse novo filme global traz uma mensagem mais emocional, demonstrando a relação das pessoas com o esporte mais popular do mundo e como todos querem estar de olho no Brasil para o mundial”, explica Martha Krawczyk, vice-presidente de marketing da empresa.

Mc Donald's | GOL! FIFA World Cup - Brasil 2014

Vídeo do Mc Donald's para a Copa do Mundo que passa longe dos clichês.
Uma homenagem ao futebol repleto de truques, brincadeiras e todas aquelas coisas que você fazia quando era criança durante a aula de educação física.

E como você não acreditou, veja parte do making of:


Criação da DDB Chicago.

11 de junho de 2014

Pega Tudo

Quase todas as campanhas de fio dental falam a mesma coisa, mas a criação sempre consegue ver de um modo diferente.


Agência: TBWA\Istanbul :: Turquia
Diretor de Criação: Ilkay Gurpinar, Volkan Karakasoglu
Redator: Gokhan Akca
Diretor de Arte: Guney Soykan

Vittel Refresh Cap

A marca de água Vittel teve uma ideia bem interessante: um timer na tampa da garrafinha de água com uma bandeirinha para nos lembrar que é necessário beber pelo menos um litro e meio por dia.
Projeto da agência Ogilvy Paris junto com a Ova Design.

É Tudo Verdade

Pra mim saber rir da realidade é uma grande virtude.
O site Truth Facts apresenta situações corriqueiras mas com muita acidez e humor.