3 de maio de 2016

Apresentação Eficiente


Tem um vídeo circulando pelo Facebook que mostra uma "vingança" com os diretores das empresas mais acionadas pelos clientes num site de reclamações (link). Nessa ação, esses diretores são convidados para um jantar onde serão mal atendidos, assim como fazem suas empresas.
Esse vídeo me fez lembrar de um case que eu ouvi quando estava começando no mercado de publicidade na agência J W Thompson.

Uma das grandes companhias aéreas americanas, se não me engano a American Airlines, convidou uma agência de publicidade para descobrir porque que sua venda de bilhetes aéreos estava caindo. A agência depois de fazer pesquisas, brainstorms e análises marcou a apresentação com cliente para dar seu diagnóstico. No dia da reunião estavam lá o presidente da companhia, diretores de marketing, financeiro etc. Na recepção foram anunciados pela secretária que pediu que aguardassem. Passados 10 minutos, todo o board da companhia aérea esperando e nada de entrarem pra reunião. Eles tornam a pedir para entrar e permanecem esperando. Passam mais uns 15 minutos e nada de serem chamados. Imagina o desconforto e nervosismo deles, esperando tanto tempo. Quando eles levantam pra irem embora, o representante da agência os chama para entrar.
Eis que os profissionais da agência apresentam. É exatamente por isso que vocês estão perdendo vendas e clientes. O atendimento de vocês é muito lento, seus clientes ficam esperando no telefone, sem retorno. Se nós só falássemos isso pra vocês talvez não adiantasse, mas fazer vocês sentirem isso na pele, como se fossem seus cliente.
Se a agência ganhou a conta do cliente não sei dizer...

Outro caso foi numa apresentação em sala de aula que o aluno estava fazendo sobre uma empresa de sua família que produzia pijamas. Ao terminar sua apresentação ele explicou que os pijamas comercializados eram tão bonitos, de tão boa qualidade, que ele estava vestindo a camisa de um pijama e ninguém percebeu diferença.

Disso tudo: ideias são cíclicas e adaptáveis. Elas podem voltar sem serem copiadas, mas sim transformadas. Capriche, seja ousado nas suas apresentações. Elas podem não garantir sucesso todas, mas com certeza serão memoráveis.

Daniel Pels

Nenhum comentário: